Arquivo da categoria Noticias FinalWebsite

PorFinalWebsite

Vendedor de Websites

Requisitos: Conhecimento de desenvolvimento Web, Lojas online, Sistemas Web, vendas

Horário: Comercial

Salário:
Remuneração por vendas com percentual acima de mercado, o candidato poderá trabalhar a partir de casa.

Benefícios:
Telemóvel da empresa para ligações ilimitadas.

Obs:
Este trabalho pode ser considerado como uma segunda renda, pois a internet te possibilita ganhar dinheiro online e no seu tempo.

Envie a Candidatura para os nossos CONTACTOS

PorFinalWebsite

Facebook e Instagram podem ter de fechar na Europa

Esta noticia surgiu hoje de amanhã e até parece ser FakeNews, mas não é.
Quem coloca esta possibilidade é a própria Meta, a nova empresa gestora liderada por Mark Zuckerberg, num relatório divulgado esta semana, onde a Meta encara o encerramento dos seus serviços na Europa como uma possibilidade.

 

As coisas parecem mesmo não estar a correr bem à Meta, já que no relatório trimestral divulgado a semana passada, a Meta admitiu, pela primeira vez, que está a perder utilizadores, o que fez com que as ações da empresa caíssem quase 25% e tornou-se a maior queda que a empresa já teve desde que está em cotação de mercado. Agora, esta situação é mais um problema para Mark Zuckerberg.

Facebook e Instagram podem fechar na Europa

No relatório apresentado à Securities and Exchange Commission pela Meta, a empresa delineou um cenário em que terá que fechar o Facebook e o Instagram na Europa.

Atualmente, a Meta processa os seus dados nos EUA e na Europa, no entanto, as novas leis europeias obrigam a que os dados dos utilizadores sejam mantidos e processadores em servidores na Europa, e este é o problema da Meta, já que a empresa afirma que o processamento de dados em todos os continentes é crucial para os seus negócios, tanto operacionalmente como para a segmentação de anúncios, uma das áreas mais rentáveis da empresa.

Assim, a Meta não conseguiu cumprir as novas regras, sendo que a consequência disso poderá ser que terá de deixar de oferecer alguns dos seus principais serviços na Europa, como é o caso do Instagram e Facebook.

Passamos a citar o relatório:

“Se uma nova estrutura de transferência de dados transatlântica não for adotada e não pudermos continuar a depender de SCCs ou de outros meios alternativos de transferência de dados da Europa para os Estados Unidos, provavelmente não poderemos oferecer vários dos nossos produtos mais significativos e serviços, incluindo Facebook e Instagram, na Europa, que afetariam material e adversamente os nossos negócios, condição financeira e resultados operacionais.”

Em comentário oficial a este relatório, Vice-presidente de Assuntos Globais da Meta, Nick Clegg diz que as novas regras terão um impacto muito negativo para todos, sejam empresas grandes ou pequenas, em vários setores. A Meta pede que os reguladores adotem uma abordagem proporcional e pragmática para minimizar a interrupção dos muitos milhares de empresas que, como o Facebook, confiam nesses mecanismos para transferir dados de uma maneira segura”

Quer dizer que o Facebook e o Instagram podem mesmo fechar?

Diremos que é muito pouco provável e se acontecer, este relatório terá como principal objetivo o envio de uma mensagem aos reguladores europeus, para que percebam quais são as consequências para uma empresa como a Meta.

Não viria isto como parece ser: uma ameaça. A verdade é que existem muitas empresas que promovem os seus negócios a nível global e com a limitação da partilha de dados, iria limitar muito esta promoção, o que acabaria por impactar as empresas. Mas, obviamente que também a Meta.

Com estas novas regras, a Meta teria dificuldades em segmentar a publicidade, o que acabaria por impactar as receitas da empresa, mas certamente que encerrar o Instagram ou o Facebook na Europa, traria ainda mais problemas para a própria empresa.

 

Qual é a posição da Meta?

Com estas notícias a virem para o conhecimento público, o porta-voz oficial da empresa indicou que a Meta não tem quaisquer intenções ou planos para saírem da Europa.

Segundo a Meta, “Não temos absolutamente nenhum desejo e nenhum plano para sairmos da Europa, mas a simples realidade é que a Meta e muitas outras empresas, organizações e serviços dependem de transferências de dados entre a UE e os EUA para operar serviços globais. Como outros empresas, seguimos as regras europeias e contamos com cláusulas contratuais padrão e proteções de dados apropriadas para operar um serviço global. Fundamentalmente, as empresas precisam de regras globais claras para proteger os fluxos de dados transatlânticos a longo prazo e, como mais de 70 outras empresas em uma ampla gama de indústrias, estamos monitorizando de perto o impacto potencial nas nossas operações europeias à medida que esses desenvolvimentos avançam”.

 

Fonte: PocketNow e CityAM

PorFinalWebsite

Principais insights e 5 tendências de marketing digital para 2022

No marketing digital, os efeitos da pandemia mudaram muitas regras do jogo e foi uma espécie de laboratório de tendências de comportamento, desde a mudança de hábitos de consumo até a forma de se relacionar.

Já sabemos que o digital é a tendência para qualquer negócio. No entanto, haverá sempre tendências de marketing que se destacam das restantes e que serão as mais indicadas para a sua empresa. Conhecer as principais tendências de marketing digital pode fazer a diferença.

 

1. Consolidação definitiva do TikTok

A rede social que começou virada para o público mais jovem, é hoje em dia uma ferramenta incrível para divulgação de marcas e potencializadora de vendas. Seja a própria marca a desenvolver o canal, ou dando essa responsabilidade a influenciadores, falamos de uma rede que chega a milhões de utilizadores de forma rápida, divertida e com elevadas taxas de “engagement”.

2. Social selling

Não é novidade nenhuma que as redes sociais são uma ótima forma de comunicar a sua oferta aos seus clientes. A novidade que se tem vindo a afirmar é a venda direta ou indireta através das redes sociais. Ou seja, para além de poder divulgar os seus produtos e remeter os consumidores para o seu website, já é possível realizar também vendas diretamente através de plataformas como o Instagram.

3. Menos publicações, mais qualidade

Pode parecer uma contradição, mas é uma tendência de marketing para 2022. Mais do que comunicar todos os dias conteúdo pouco relevante, a aposta deve passar por ter menos publicações, mas com conteúdo mais interessante, informativo e que leve as pessoas a guardarem-no para consultas futuras e partilhar com amigos.

4. Conversar com os clientes

O Whatsapp não serve só para trocar memes e conversar com um grupo de amigos. É uma ótima forma de criar uma ligação com os clientes. Adicionar um botão Whatsapp no seu site permite que os clientes possam tirar as suas dúvidas no momento, acelerando o processo de conversão e aumentando as vendas.

5. Conteúdo interativo e criativo

Quando milhares de marcas estão a comunicar todos os dias, a forma de se conseguir destacar é através de conteúdo que fique na memória do público. Pense em como se pode diferenciar e não tenha medo de arriscar.

 

 

É importante salientar que os valores aplicados às estratégias de marketing nunca devem ser encarados como gastos, mas sim como investimentos.

PorFinalWebsite

A PARTIR DE MARÇO DE 2021, GOOGLE EXCLUI WEBSITES QUE NÃO TENHAM VERSÃO MOBILE

O seu website ainda não é mobile-friendly? A partir de Março de 2021 vai  ser obrigatório!

O Google é o motor de busca mais utilizado em todo o mundo e os números da Netmarketshare não mentem: em desktop, 70,38% das pesquisas são feitas no Google, um número que sobe para 93,99% quando falamos em pesquisas em mobile.

Fonte: NETMARKETSHARE.COM


E se, até agora, ter uma versão mobile era um dos critérios do Google para indexar websites e apresentá-los nas suas páginas de resultados, a partir de Março de 2021 será o único critério e tudo muda: ou o seu website é mobile-friendly ou será completamente ignorado pelo Google!

Quer isto dizer que se o seu website tem apenas a versão para desktop, a partir de Março de 2021 deixa de estar indexado no Google, ou seja, não aparece nos resultados das pesquisas e, assim, perde tráfego e clientes.

A partir de Março de 2021, o Google irá indexar apenas o conteúdo que existe na versão mobile, de forma a garantir que os utilizadores têm a mesma experiência quer visitem um website a partir de um computador, de um Tablet ou de um telemóvel.

PORQUÊ ESTA MUDANÇA?
Em 2016, o tráfego de dispositivos móveis ultrapassou o tráfego com origem em desktop e o Google decidiu testar um novo tipo de indexação. As tendências apontavam para o crescimento do mobile e, nesse sentido, o Google passou a favorecer websites responsivos ou com versões mobile em detrimento de outros.

Em 2018, com o mobile em franca expansão, o Google anunciou que passaria a dar prioridade a websites com versão mobile e estipulou uma data para que todos os websites se pudessem adaptar: setembro de 2020. Com a pandemia, o Google estendeu o prazo para março deste ano e, a partir daí, não há volta a dar: se o website tem apenas a versão para computador, não será indexado no Google.

Esta decisão é baseada no comportamento dos utilizadores e, mais uma vez, os números não mentem: três em cada cinco pesquisas são feitas através de dispositivos móveis!

 

Conclusão

  1. Os websites que estão apenas visíveis para desktop em Março de 2021 vão deixar de estar indexados no Google.
  2. Apenas o conteúdo que existe na versão mobile do website vai ser indexada e posicionada no motor de busca.
  3. Deve confirmar que a versão mobile do website representa corretamente o conteúdo para o qual está a tentar posicionar-se no Google.
  4. O conteúdo exclusivo para desktop será completamente ignorado.

 

Se o Website da sua empresa não é mobile-friendly, lembre-se que tem até Março de 2021 para resolver este problema.

Fonte: GOOGLE

 

PorFinalWebsite

Obrigado Google – COVID 19 – $800+ million to support small businesses and crisis response

COVID-19: $800+ million to support small businesses and crisis response

As the coronavirus outbreak continues to worsen around the world, it’s taking a devastating toll on lives and communities. To help address some of these challenges, today we’re announcing a new $800+ million commitment to support small- and medium-sized businesses (SMBs), health organizations and governments, and health workers on the frontline of this global pandemic.

Our commitment includes:

  • $250 million in ad grants to help the World Health Organization (WHO) and more than 100 government agencies globally provide critical information on how to prevent the spread of COVID-19 and other measures to help local communities. This is an increase from our initial $25 million announced last month. In addition, we’re providing $20 million in ad grants to community financial institutions and NGOs specifically to run public service announcements on relief funds and other resources for SMBs.
  • A $200 million investment fund that will support NGOs and financial institutions around the world to help provide small businesses with access to capital. As one example, we’re working with the Opportunity Finance Network in the U.S. to help fill gaps in financing for people and communities underserved by mainstream financial institutions. This is in addition to the $15 million in cash grants Google.org is already providing to nonprofits to help bridge these gaps for SMBs.
  • $340 million in Google Ads credits available to all SMBs with active accounts over the past year. Credit notifications will appear in their Google Ads accounts and can be used at any point until the end of 2020 across our advertising platforms. We hope it will help to alleviate some of the cost of staying in touch with their customers.
  • A pool of $20 million in Google Cloud credits for academic institutions and researchers to leverage our computing capabilities and infrastructure as they study potential therapies and vaccines, track critical data, and identify new ways to combat COVID-19. Learn how to apply for credits on the Google for Education site.
  • Direct financial support and expertise to help increase the production capacity for personal protective equipment (PPE) and lifesaving medical devices. We’re working with our longtime supplier and partner Magid Glove & Safety, with the goal of ramping up production of 2-3 million face masks in the coming weeks that will be provided to the CDC Foundation. Additionally, employees from across Alphabet, including Google, Verily and X, are bringing engineering, supply chain and healthcare expertise to facilitate increased production of ventilators, working with equipment manufacturers, distributors and the government in this effort.

In addition to these commitments, we also increased the gift match Google offers every employee annually to $10,000 from $7,500. That means our employees can now give $20,000 to organizations in their communities, in addition to the $50 million Google.org has already donated. Together, we’ll continue to help our communities—including our businesses, educators, researchers and nonprofits—to navigate the challenges ahead.

 

 

https://blog.google/inside-google/company-announcements/commitment-support-small-businesses-and-crisis-response-covid-19/

PorFinalWebsite

Google vai penalizar sites sem certificado SSL a partir de 2017

Google vai penalizar sites sem certificado SSL (HTTPS)

 

A fim de tornar a experiência de navegação do utilizador ainda mais segura, a partir de janeiro de 2017, o Google Chrome apontará os sites que são inseguros, ou seja, aqueles que não possuem o Certificado Digital para Servidor – SSL.

A mensagem “não seguro” ficará visível na barra de endereço, junto a URL, indicando ao visitante que se trata de um site não confiável, ou seja, a troca de informações é vulnerável e está sujeita a fraudes.

 

O que é Certificado SSL?

É um documento eletrônico emitido por uma Autoridade Certificadora (AC), que valida o domínio e a entidade detentora de um site, certificando que trata-se de uma página verdadeira.

Sigla para Secure Socket Layer, o termo SSL é utilizado para indicar um dos principais protocolos de segurança da web. Esse protocolo é utilizado para computadores estabelecerem uma conexão criptografada com outro aparelho em qualquer local do mundo. Essa conexão terá um nível de segurança alto, garantindo que todas as informações enviadas e recebidas permanecerão privadas.

 

Instalar um Certificado SSL é importante?

Com a crescente popularidade da internet, aumentou também o índice de ataque de hackers nas Lojas Online. Nesse sentido, é essencial encontrar medidas de segurança que inibem a ação dos cibercriminosos, e que transmitem a confiança necessária aos consumidores.

O Certificado Digital SSL é a melhor opção do mercado, uma vez que garante a proteção das transações, por meio da criptografia.

Quando aceder a um site protegido por um Certificado Digital SSL, por exemplo, o ícone de um “cadeado verde” é exibido no navegador, e o endereço inicia com o protocolo https://, no lugar de http://, indicando ao visitante que o site é autêntico e a conexão é segura.

Inclusive, a conexão HTTPS já é um dos critérios utilizados pelo Google para pontuar os sites nas primeiras posições.

O protocolo SSL ainda não é obrigatório para vários serviços e aplicações web, mas com o avanço da tecnologia e com as recentes mudanças de relevância em relação a sites responsivos, acreditamos que em um curto período de tempo o SSL será obrigatório para qualquer página na web.

O seu uso de SSL já é recomendado por autoridades digitais como o ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação) e obrigatório para a implementação de algumas ferramentas.

O Google AdWords, recomenda o uso de SSL nas páginas que são exibidas pelo serviço. Como muitas  delas exigem que o utilizador insira informações pessoais para obter uma experiência de uso completa, a empresa responsável pelo motor de busca mais famoso do mundo passou a recomendar o uso do protocolo para a exibição de anúncios em seus resultados.

 

  • Páginas de login

A segurança da página de login é um ponto crítico para sites que trabalham com informações pessoais de seus visitantes. O seu site deve garantir que os dados de utilizadores e senha (como ID e endereço de e-mail) de qualquer pessoa sejam enviados para os sistemas de validação por meio de canais seguros.

Isso será possível com o SSL, protocolo de segurança que cria um canal seguro entre o possível cliente e o servidor do site. Assim, pessoas serão capazes de efetuar as suas atividades sem correr o risco de terem informações pessoais expostas a terceiros.

 

  • SSL para chat online LiveZilla, Tawk.to, Zopim entre outros.

Para sites que utilizam o chat online LiveZilla ou similares é indispensável que possuam uma criptografia em sua conexão, pois os clientes fornecem dados pessoais na assistência, e seria muito mau para sua empresa que um atendimento fosse interceptado por qualquer pessoa ou sistema que possa usar as informação contidas na conversa para prejudicar qualquer uma das partes.

 

  • Páginas de venda

Assim como páginas de login, a segurança das partes de um site relacionadas aos processos de venda possuem um impacto direto no nível de confiabilidade da página. Como neste momento são inseridos dados pessoais, como número de cartão de crédito e endereço de entrega, o risco de um registo ser capturado é alto. Com o SSL, será possível enviar e receber dados relacionados à validação da venda com segurança e privacidade.

 

 

Vantagens de se ter o SSL

O uso do SSL pode impactar vários aspectos de uma pagina na web. As melhorias vão do SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização para Mecanismos de Busca, em tradução livre) ao desenvolvimento de um site mais robusto. Entre as principais vantagens do uso dessa tecnologia, podemos destacar:

  1. Aumenta a performance: protocolos SSL modernos conseguem aumentar a velocidade de carregamento de uma página, tornando a experiência de uso mais agradável.
  2. Maior segurança: criptografar o tráfego de um site por meio do SSL garante que nenhuma pessoa será capaz de capturar as informações enviadas entre os visitantes e a página web.
  3. Melhoria no ranqueamento: mecanismos de busca como o Google e o Bing dão preferência para endereços compatíveis com HTTPS.
  4. Maior confiabilidade: páginas compatíveis com SSL passam mais confiabilidade para utilizadores que, nos últimos anos, passaram a ter uma preocupação maior com segurança digital e privacidade.

 

 

Como faço para ter um SSL no meu site?

É muito fácil, basta você solicitar para seu provedor de hospedagem, aqui na FinalWebsite temos certificados SSL para todos os tipos de negócios, seja um site, loja virtual ou chat online e ainda entregamos tudo já a funcionar! Garanta já a segurança e o futuro do seu negócio na internet – Contratar SSl

Lembrando que o custo x benefício é excelente, pois o certificado é pago anualmente, com um valor muito baixo e vai aumentar o valor do seu negócio.

PorFinalWebsite

Website Responsivo já não é opcional!

Website Responsivo

O número crescente de utilizadores de Internet através de dispositivos móveis como o iPad, iPhone, Android e outros smartphones ou tablets, criou uma nova exigência no mundo online: Websites Responsivo, que se adaptam a estes dispositivos de dimensões pequenas.

Desenvolvemos websites com design responsivo, que se adaptam a qualquer dispositivo móvel, promovendo uma usabilidade adequada à dimensão e formato destes dispositivos.

Website Responsivo já não é opcional!

O número de utilizadores que recorrem a dispositivos móveis (smartphones e tablets) para navegar na internet supera já os Desktop. Adicionalmente, a Google considera agora no seu algoritmo de pesquisa a qualidade mobile de um website. Neste enquadramento, deixa de ser uma opção ter um website responsivo ou com versão mobile, mas sim uma exigência natural para quem pretende garantir a visibilidade do seu site.

 

Peça uma Proposta para o seu Website Responsivo.

phone

 

PorFinalWebsite

Novo Trabalho desenvolvido pela FinalWebsite

Os nossos sites são espelho do empenho de toda a equipa da FinalWebsite.
Hoje deixamos o convite para visitar o novo Site da Empresa SantiCORK.

A FinalWebsite foi a empresa de comunicação web responsável pelo design do novo sítio, que aposta nas cores da Natureza. Os banners estão também bem definidos, em perfeita interligação com a cor da cortiça no Site.
http://www.santicork.com/

santicork

 

 

 

SANTICORK  Cortiça Portuguesa

SANTICORK é uma marca exclusiva da Mim´arte, empresa criada em 2011 e dedicada á comercialização on line de todo o tipo de materiais para bijuteria. A nossa admiração pela cortiça fez-nos desenvolver uma coleção muito especial SantiCork. Através de parcerias com pequenas indústrias especializadas e com muita imaginação, vêm surgindo as mais variadas criações que vão desde a bijuteria a modernas malas e carteiras, cintos e até decoração. Estes produtos são fabricados com matéria prima de elevada qualidade 100% NATURAL e ECOLÓGICA.

O nosso objectivo é realçar a nobreza e sustentabilidade de um produto natural e amigo do ambiente: a Cortiça.
Procuramos criar produtos diferenciados com Design, Modernidade e Elegância.
Simplicidade, perfeição e inovação constituem o nosso desafio!

PorFinalWebsite

FinalWebsite inaugura projeto de solidariedade social

 

A empresa de Webdesign quer ajudar empreendedores, particulares ou pequenas empresas a desenvolverem os seus próprios websites, de forma profissional e fiável.

psociais

A empresa de Webdesign e Programação, Final Webdesign, está a lançar um novo projeto social que visa apoiar particulares ou pequenas empresas a desenvolverem os seus projetos na internet.

O objetivo é apoiar o arranque de novos projetos, ficando toda a execução ao cargo da empresa.

As inscrições podem ser feitas através do email geral@finalwebsite.com, e as candidaturas serão avaliadas até ao dia 20 de cada mês, sendo atribuído um Projeto Web mensal a particulares ou Pequenas Empresas.

A Final Website conta com um portfólio impressionante de execução de plataformas digitais como o site oficial do PS Guimarães e o do psicólogo Quintino Aires, entre muitos outros.

O website da própria empresa pode ser visitado em http://www.finalwebsite.com/

PorFinalWebsite

As vantagens de se ter uma página na Internet

Porquê ter um WebSite?

website

Portugal é um país que apresenta um grande crescimento, no que diz respeito à utilização da internet.

Com o aumento da interactividade, segurança e velocidade, aliado à redução dos preços, a Internet deixou de ser um mero instrumento de pesquisa para tornar-se uma ferramenta de marketing e vendas muito poderosa.

Ao contrário da sua empresa, que tem um horário de funcionamento, o seu Site está acessível 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

O investimento necessário é ínfimo, quando comparado com outros meios de divulgação e publicidade.

Ter um Site na Internet cria mais oportunidades de negócio.

Website Responsivo, fornece uma óptima experiência de visualização para computadores, tablets ou telemóveis.

 

Design adaptativo não é apenas possuir um design que se adapta aos telemóveis aos portáteis e aos tablets da actualidade, mas sim possuir um website escalável que se redimensiona não interessa qual seja a resolução ou dispositivo utilizado pelo utilizador.

Criar um website responsivo permite que todas as pessoas que o visitem tenham uma experiência igualmente boa quer seja num iMac, num telemóvel ou num tablet. A ideia de um site responsivo é não deixar ninguém de fora e dar a possibilidade a toda a gente de poder desfrutar da internet onde e como quiser sem ter que abdicar de uma boa experiência.

Outra das vantagens de possuir um website responsivo, é a de que pode abdicar de possuir aplicações nativas para visualizar o site em dispositivos móveis como por exemplo Android e Iphone, pois este já se adapta a estas plataformas móveis, evitando que perca tempo e dinheiro na criação de aplicações nativas individuais para cada um destes.

Através do site, a sua empresa pode estabelecer uma interactividade com seu público-alvo, que deixou de se limitar geograficamente, passando a ser o mundo a sua fronteira.

Estar na Internet é um sinal de modernidade e praticidade, a sua marca torna-se muito mais conhecida, valorizando cada vez mais o seu negócio.

A Nova Economia já é uma realidade e sua empresa não pode simplesmente ignorá-la sob o risco de perder competitividade.

Na FinalWebsite fazemos crescer o seu negócio!

Lembre-se o que importa são os resultados!

Não perca mais tempo. Contacte-nos agora mesmo e peça um orçamento grátis.